domingo, 2 de maio de 2010

Adoooogo

A semana inteira eu fiquei me perguntando se valeria a pena ir na The Week ou não. Primeiro me apeguei ao fato de ser uma balada gay. Aí me disseram que a festa não é gay, e mesmo assim achei impecilho. Ah, mas é muito caro, 30 reais só pra sorrir. Aí me disseram que a cerveja lá dentro é 5 reais... Aí achei o maior dos defeitos, a festa era na Lapa, longe de casa. Pensei que tinha tirado a sorte grande, assim não precisaria ir, já que não tinha como ir nem voltar. Não demonstraria falta de interesse e sim tentativa de sair. Infelizmente não funcionou também, minha mãe me emprestou o carro... Here we go!

A festa foi, no mínimo, incrível. Foi incrível. O lugar é maravilhoso, as pistas largas e bem distribuídas. A iluminação de decoração dignas de um stand na Casa Cor. Imensamente bonita. As músicas eram aquelas que gostamos de ouvir enquanto caminhamos, mas com batidas hip hops e outras tecnologias que faziam das músicas mais ermas próprias techneras. As pessoas eram bem heterogêneas, muitos gays, muitas lelés, mas muitos heteros também. Era festa de ator, então já viu. O pessoal do trabalho estava muito bem representado e nós todos estávamos muito animados. Adorei sair com eles. Tive que ir embora cedo, mas mesmo assim cheguei em casa ás 4h00.

Dormi e acordei com aquela dorzinha de cabeça. Tomei aspirina e fui para o churrasco do Maso, Martina, Renata, Carmona e mais um que eu não sei quem é. Meu Deus, foi um dos melhores churrascos do prédio, ever. Não sei o que foi, se a grande quantidade de pessoas diferentes, se as dezenas de litros de vodca, Busca Vida, Nega Fulô, Canelinha e cerveja. Não sei se foi a presença da minha família em peso, da minha mãe, minha tia, meus primos, meu irmão. Se foram as músicas nostalgicas que cantamos bêbadas, ou se foi a minha conversa com Mexicano, pela primeira vez na vida. Só sei que foi demais de bom...

Domingo eu acordei de ressaca de novo mas com desejo de comida mexicana (he he he), fui no restaurante, comprei Burritos, Nachos e Guacamole, comi e agora estou confortável na minha cama assistindo The Big Bang Theory.

Foi, indubitavelmente, um final de semana incrível!!

Um comentário:

Marilda disse...

Eu tb adorei a festa do meu filho e de estar com vc. te amo muito, viu