segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Domingo, Brazilian Day

Pois eh, Chicago ficou com ciumes de Nova Iorque e resolveu fazer uma festa brasileira. Cheguei la as 9 horas (hora que comecava o festival), e enrolei um pouco pra entrar pra dar uma sondada. Bom, entrei 9 e 15 e quando cheguei ao andar da festa ouvi uma musica que eu amo de paixao, "Madalena". A banda era formada por uma cantora belissima, uma senhora que cantava demais, um senhorzinho no piano que arrebentava qualquer um, um tiozinho no violao que era fera e umas outras pessoas. Enfim, so sei que eu fui sozinha, mas nao conseguia ficar sentada, a musia foi realmente sensacional.

Depois dessa apresentacao teve a capoeira. Eu nao sabia que tinha capoeira em Chicago, mas pelo jeito eh muito om o grupo. Eu fui pegar uma cerveja e nao voltei em tempo de ficar na frente, entao tudo que eu vi foram pernas pro ar.

Enfim chegou a hora do samba. Subiram 3 pessoas, uma senhora que parecia a Rita Cadillac de sainha e top, uma moreninha novinha tambem com esse vestuario, e um cara gordinho que achava que era o dancarino de axe. Foi uma coisa estranha, mesmo porque eu acho que tem muita coisa mais interessante pra mostrar.

Ai entrou um grupo de "Samba-Rock". Aquilo nao era samba-rock, mas foi bom, o vocalista era um gato. Ele cantou ate Pimpolho, e tentou cantar um Seu Jorge mas o som pifou. Nessa hora eles improvisaram um samba que foi sensacional.

Acabou o grupo entrou aquela atriz que sempre fez novela na Globo, uma negona, Gil Costa. Ela ressitou poemas sobre a nossa patria, foi realmente lindo.

Teve mais um grupo que tocou micaretas, Ivete Sangalo, Babado Novo, e ate Terrasamba..

Entraram as mesmas dancarinas de axe, agora com roupas de carnaval, aquelas plumas todas, e gordinho com outro cara. Foi engracado, eu rachei o bico.

Quando deu 2 horas da manha, e a festa acabou, eu nao me aguentava em pe. Gastei uma grana boa, mas me diverti muito!!

Brasil...

2 comentários:

Pri disse...

Two comments in only one. How incredible is that?!

You're not alone, my dear. At least I'm not letting you there, all by yourself.
And now, that old, classic song comes to my mind "All by myselfffffff... I don't wanna beeee... All by myself anymooooooooore!!!!!!!!"

The thing is: you're not alone.

Brasil is Brasil (Yes, BraSil, because I refuse to write BraZil). And as soon as you return we'll go to all wonderful samba-rock places, and Mercadão Municipal and everything that is just too brazilian... (ok... now I wrote a Z)...

Luv you alwayssssss

Robertinha disse...

ou Sá é um tanto estranho esse brazilian day mas acho qu deu pra matar um pokinho de saudades do brasil né?!?!

bjinhus