terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Bad Luck!

Tudo está acontecendo. TUDO.

Desde que eu voltei. Isso porque eu voltei só porque as coisas estavam todas dando errado do lado de lá, agora parece que eu tenho que voltar não sei.

Estou aqui há 3 semanas e meia agora, quando cheguei tive de cara crise alérgica na garganta. Fiquei de cama.

Meu computador simplesmente se afogou, está sem funcionar. Computador esse que é um Mac, que eu paguei mais de mil dólares, que eu juntei dinheiro durante meses a fio pra pagar durante minha experiência de Au Pair.

Por não estar no Brasil, perdi o evento tão esperado de votação para prefeito e vereador. Preciso justificar meu voto. Fui até o cartório mais próximo, que era longe, depois de minutos infinitos na fila descubro que não poderia justificar com o passaporte lá, só no outro cartório, mais longe ainda. Decido pagar a multa, afinal são só 7 reais....

Chego na casa lotérica, lá descubro que esqueci o cartão em casa e que tinha apenas 2 reais e 50 centavos, dinheiro exato pra pegar um ônibus.

Volto pra casa, sem pagar a multa, sem justificar o voto.

O teto da Renascer caiu 2 dias atrás, fiquei chocada com o que aconteceu porque a igreja fica bem perto da minha casa. Decido ir ao HC pra doar meu sangue, um apelo feito no jornal me fez tomar dessa decisão.

Cheguei lá, espera, pega a senha, espera, passa pelo exame de anemia, espera, mede a pressão, espera, entrevista, espera. Depois de horas, crente que estaria prestes a doar meu sangue O+, descubro que estou com anemia baixa, por causa da má alimentação de longo tempo nos EUA (por isso meninas, CUIDADO).

Triste, volto pra casa. Sem doar sangue, sem justificar o voto, sem computador.

Tive insônia. Acordo cansada, vou virar pra falar com a minha mãe (eu estou dormindo no chão porque estamos de mudança e meu quarto não tem previsão de ficar pronto, continuarei no chão por mais algumas semanas), pronto! Travei o pescoço. Mas não foi uma travadinha, foi A travada.

Chorei a manhã inteira, achando que nunca mais ia conseguir me mexer, sem convênio médico (porque fiz 21 e não voltei pra faculdade ainda), fiquei em casa.

Tentei assistir a posse do Obama, mas acabei me distraindo com outra coisa e não pude assistir.

Minha amiga veio em casa entregar convites pra festa de aniversário dela. Conversamos, fomos pra varanda tomar um ar, pronto. O vento bateu e ficamos trancadas pra fora da varanda.

Meu irmão não fala comigo por causa de uma besteira...

Tive que ligar na farmácia, pro moço vir até meu prédio e pedir ao porteiro que subisse e nos tirasse de lá.

Pelo menos a porta estava aberta.

Além do mais, não tenho dinheiro.

E cada dia que passa uma coisa ruim acontece.

Agora eu não entendo, se tudo de ruim me aconteceu nos States pra eu voltar, e tudo está se repetindo aqui no Brasil, what the heck is going on here?

Se alguém tiver experiência em Freud ou até mesmo Gestaut, por favor, entre em contato comigo no saracheck@gmail.com

Se alguém lê cartas de tarô, joga búzios, acende vela negras e mata galinhas por favor entre em contato comigo saracheck@gmail.com

Se alguém perambula pelas dimensões e têm as respostas do Universo, por favor, entre em contato comigo saracheck@gmail.com

Se alguém está passando por situação parecia e/ou igual a minha, por favor, mantenha-se longe.

Sem mais

Sara Heck

Acho que vou jogar Jumanji!!

6 comentários:

Dai disse...

Oi Sara acompanho teu blog a bastante tempo e sempre gostei do que vc escreve. Mas nossa, qnt coisa pra acontecer ctg heim?! Mas calma que passa, você vai ver.
Beijosss e descula não ter nenhum contato com outro mundo pra ajudar. Eu costumo conversar com meu anjinho da guarda, acredito nele e ele sempre me ajuda. é uma idéia :)

Anônimo disse...

que absurdo!

Sá Heck disse...

anônimo, por favor, não seja ninguém do mal...

Anônimo disse...

Não sou do bem e nem do mal!
Sou Anônimo!

Sá Heck disse...

Realmente, se eu me conhecesse metade do que o Sr. se conhece eu não teria um blog!

Sara disse...

Nossa...que grossa!