quarta-feira, 13 de maio de 2009

Declarações de uma garota latino americana

Ontem eu estava conversando com o Bras a respeito de relacionamento, e ele me disse que não podia se apaixonar por alguém sem ter conhecido essa pessoa antes de ficar com ela, e eu fiquei pensando nisso.

Eu por exemplo, nunca tive um namorado que foi antes um amigo. Sempre fiquei antes, apaixonei depois, e isso nunca foi uma barreira para o meu amor. Em realidade tive amores marcantes, de tatuar o coração, de doer....

O que acontece comigo é uma coisa muito simples que eu defino como "Amizade de cú é rola!".. Porque eu falo isso? Simples, se é meu amigo pra mim ferrou-se. Esse é o meu maior problema, eu faço amizade muito fácil, e junto com isso vem a intimidade, as conversas, as falações, os defeitos e qualidades, o bem estar.........de amigo.

Eu olho pra pessoa, por mais que eu sinto o maior desejo do mundo, não tenho coragem de falar pra ele que estou afim, "vamos dar uns beijos aí?"... Acho tão ruim perder uma amizade.

Isso é totalmente errado de minha parte, mas é assim que eu vivo. Todo mundo tem amigos que se pegam, eu não. Tenho colegas, conhecidos, camaradas, agora amigos....Eu acho que eles me conhecem tanto (por ser transparente), que não consigo enteder como alguém se atrairía comigo...Tá, pareço emo, mas não estou falando isso em um tom depressivo, nem tenho meus pulsos cortados com faca cega...

Por isso que quando eu saio, e beijo alguém, e esse alguém se apaixona (o que acontece bastante), eu fico achando que estou enganando alguém. Eu paro e penso? "Pô, fulano acha que eu sou isso, isso, isso...., mas ele nunca me viu fazendo aquilo, aquilo outro, aquilo lá". Ou seja, talvez eu não me ache boa o suficiente para alguém que eu amo tanto como um amigo.

Já tive paixonites, já fiquei pensando em um amigo por uns tempos...... Mas com a amizade e as confissões sempre vinham os comentários dele "Ontem catei uma mina assim, to louco por ela"...."A eu to na pegada"....."Eu quero ficar solteiro"........."Sara, eu te amo gata (e sai pra procurar mulher)"......

Relendo isso parece post de quem está se sentindo um lixo...Juro que não é isso, eu gosto de ser assim, de ter amigos e amores. Só que às vezes sinto que deveria ter mais amores que amigos, assim talvez me divertiria mais, seria mais tranquila....E provavelmente teria coragem de dizer a esse ou aquele o quanto eu me sinto atraída, nem que seja por uma noite apenas... Depois voltamos a ser amigos.

A pior coisa que existe para uma mulher é ser vista como homem. Por isso já preparei meu rouge e fiz as unhas. Já comprei bolsas e saltos agulha, já parei com os palavrões e as tiradas engraçadas....Vou me recatar...


Puff...Falô!

4 comentários:

Braz disse...

Meus melhores beijos/sexos/namoros foram com amigas, e isso é fato.

Heloisa Moraes disse...

muito, muito complicado esse tipo de coisa.
tudo junto e separado, a melhooor fórmula. huahuahua

Derla Cardoso disse...

Acho q da pra ser feminina falando palavrões!!!! Acho foda mina futel! Prefiro ter amizades com as que falam palavrão e na minha concepção não há problema algum em falar palavrão e ser feminina ao mesmo tempo...

Cori disse...

Poxa, nao pode fazer tiradas engracadas???