segunda-feira, 27 de abril de 2009

Meramente ilustrativo



Eles existem ao montes. São sempre os que nós menos esperamos, usam, pintam, bordam e ainda temos a audácia de perdoar, ou esquecer, ou fingir que tá tudo bem. São geralmente aqueles que fazem promessas e não cumprem, que falam qualquer coisa pra ganhar uma noite contigo, ou que inventam histórias e muitas vezes sentimentos.

Chegam de mansinho, parece que o discurso é todo pronto, mas como poderia ser se parece tão único, tão cabível à situação? E é nessa hora que somos pêgas. Nessa hora que achamos que somos nós mesmas, que era isso que estávamos esperando e na verdade não passamos de "uma mulher no lugar certo, na hora certa".

E geralmente, os que mais fazem isso são os que mais te conhecem. Psicopatia, esse seria o nome que eu daria se descobrisse isso antes de qualquer um. O pior é quando acreditamos, e ao nos darmos conta de que fomos engandas, damos ao nosso cerébro o benefício da dúvida. Ainda acabamos a noite com aquela pergunta "Sera que eu fiz alguma coisa errada?"..

Será que eu fiz??? Fiz errado ao esperar que ele viesse, ou que o outro me ligasse, ou que esse um me mandasse flores, ou me chamasse de linda e me elogiasse? Será que tentei investir em um sentimento que por pura carência me deixei levar? 

Ou será que eu faço errado achando que todos que eu saio gostam de mim???

São essas perguntas que tiram o sono de muitas de nós, perguntas feitas em razão de atitudes de certos "homens" que conseguem com um papinho nos dominar.

Que fique bem claro que não estou falando de ninguém em especial, fiz só uma junta de todos os que me envolvi e do que ouvi nesse fim de semana de minhas amigas solteira por falta de opção.

Porque eu digo, ser solteira é muito bom, você se diverte, conhece um monte de gente diferente, dá risada, beija na boca milhaaaaaaaaaaaaaares de vezes, conhece pessoas bacanas, outras nem tanto...E continuamos solteiras..

Agora passou a fase de curtição de algumas (não a minha), e o que paramos pra pensar é que algumas de nós não estão solteiras por que querem....Estão porque está mais fácil encontrar duas notas de cem reais no mesmo dia em lugares diferentes do que um homem bacana, respeitador, confiável, e com pegada por aí...

´E por essas e outras que eu perco cada vez mais a fé e vivo cada vez mais como homem...

Ser chavecada no fim da balada, declarações de amor falsas, curtição casual fingida são coisas que não combinam muito comigo...

Vivendo, aprendendo e se fudendo...

4 comentários:

Derla Cardoso disse...

opa Sarita!!!! Olha então a próxima festita é Araras Trip Jornalistas! Fechô.... E por isso que você num atendia o cel sábado....

Amanda Proetti disse...

(((suspiro))) rsrsrsrs!

Braz disse...

Vivendo, aprendendo e fodendo com todo mundo... esse é meu lema!

Não? hahahahahaha...
É osso Sarita, é osso.

Simone Francêz disse...

Oieee..

Assino embaixo ...tá difícil tá difícil ....rsrsrs

Beijo