domingo, 15 de março de 2009

Alguma coisa acontece no meu coração

Percebo que desde que cheguei de lá eu comecei a aproveitar mais as minhas saídas. Agora eu vou pra qualquer lugar, com qualquer um, só pra me divertir. Antes eu ficava preocupada com horário, cia, e etc. Assumo que me divirto muito mais agora.

Ontem fui no Bar Brahma, no centro da cidade, Ipiranga com a a Av. São João. Cheguei com a minha mãe (ela é foda), umas 3 e meia da tarde. O bar estava lotadaço, mas só tinha gente legal e bonita. Em cada ambiente tinha um grupo, trio, mesa de samba. O samba de verdade, daqueles que você não deixa de sambar, e tão pouco canta ao pé da letra. Foi demais.

Lá pra umas 5 horas chegaram uns amigos meus. Adoraram. Bebíamos chop como se fosse água, destilada ainda, aquela mais leve. Lá pra umas 10 e meia e gente decidiu puxar o carro...

Eu e a Malone fomos pro forró, pegamos o metrô e fomos pro canto da Ema, foi um rolê absurdo, porque estávamos no metrô Tiradentes. Tudo isso pra encontrar mais amigos meus. Chegando lá estava cheio (pra variar) e eu estava de chapéu e All Star, nada a ver com o lugar...
E por estar vestida tão distintamente era difícil alguém me chamar pra dançar. Então lá eu ia, chamar as pessoas, depois que dançavam não queriam parar, pré-conceito da porra...

Acabou que minha amiga se arranjou, meu amigo estava numa pegada à parte, sobrando assim eu e o carona, gente finíssima. Não, não rolou pegadinha.... Conversamos até todos se quedarem bem cansados e fomos embora...

Zzzzz


Um comentário: